26.5.13

QUERUBINS
Ilustração: Sidney Ramos

LETRAS PARA UMA ESTRELA
Sidney Ramos                        à Maria Goreth dos S. Ramos (in memoriam)

Ao que surgiu no caminho
Levantei a cabeça 
E sai seguindo... 
Na busca do que não encontrei
Foi só engano,
Permaneci pisando
Confuso e perdido
Mas hoje ao menos sei
Que meu melhor momento
Foi ter caminhado contigo.
Para ontem
O hoje já foi.
Uma hora sorriso
Mesmo prostrado
Outra hora a
Chorar de alegria.
Na dor do olhar repartido
A causa não perdeu o significado,
Não é só agonia de um dia passado.
De nós o que ficou
Continua se erguendo
Cada dia mais luminoso
E lançado ao infinito.
Gosto muito do nosso filho,
É irado vê-lo sorrindo.

Um comentário:

Moema DE BEM disse...

Tão lindo e triste!