8.6.09

CAIPIRINHA
Ilustração: Sidney Ramos
LABIRINTO
Sidney Ramos

Hoje sonhei
Com um mundo
Onde havia amor de verdade,
Acordei para o labirinto
Das desigualdades.
Meu sonho do amor
Retornou pra cidade,
Encontrei lágrimas,
Injustiças e barbárie.
Oceanos e rios
Não mais existem limpos.
Existe a voz do submisso,
Um cio asfixiado
Em nossos filhos,
Armas nas mãos
Dos inimigos da natureza.
Hoje sonhei
Com um mundo
Onde havia amor de verdade.
A vida respirava,
Sorria, brincava
De um mundo dentro de mim.
Encontrei acordando
O mundo sem saídas,
Vem chegando ao fim.

15 comentários:

Nanda Assis disse...

forte, realista e inteligente!
bjosss...

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

É sempre bom sonhar com amor
Quem sabe um dia não seja só um labirinto
Abraços amigos

Efigênia Coutinho disse...

Sidney Ramos,
Hoje sonhei
Com um mundo
Onde havia amor de verdade


Boa poesia, belo espaço literário, serei uma seguidora.
Sonhar com um mundo de amor verdadeiro, ainda pode ser uma real verdade.

Efigênia Coutinho
Escritora

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Um mundo com amor de verdade, onde a vida respirava, sorria, brincava... É amigo, só mesmo em sonho.

Muito grato pela visita, volte sempre.

Abração,

Furtado.

Rosemari disse...

Sonhar com um mundo que respira.
Isso é sonhar com a vida abundante plena de amor!
Sidney obrigada pelas visitas e comentários tão carinhosos.
um abraço

Rose

Vivian disse...

...como pensar é causar.
penso constantemente num
mundo repleto de amor e paz.

um dia eu chego lá...rss

mas hj estou aqui, e amando
o que ví...

bjbj

Sonia Schmorantz disse...

Preciso sonhar com um mundo melhor, já que ele depende de nós...
um abraço

Efigênia Coutinho disse...

Sidney Ramos, retorno para lhe convidar a ler meus versos do dia dos namorados, e desejar a você um:

FELIZ DIA DOS NAMORADOS

Efigênia Coutinho

Laura disse...

Hoje sonhei
Que o amor e a alegria
Existiam
Moravam juntos
E no mundo havia
Gente com sentimentos
Poesia
E ternura de pensamento
Para fazer desaparecer
Do mundo
O sofrimento!...

Um beijinho da laura, que entende, e, quereria que tudo se transformasse no mais puro amor, mas, é a realidade que temos. Um abraço da poetisa daquém mar!...

Bichodeconta disse...

Parabéns pelo magnifico poema.Sonhar é preciso cada vez mais, Seu mundo de amor e paz floresce em seus sonhos.. Parabéns também pela ilustração para este labirinto em que todos , mais ou menos conscientes nos encontramos. Um abraço e bom final de semana.Aqui em Portugal esta noite festeja-se o Santo António .Marcham pelas ruas de Lisboa milhares de pessoas ao ritmo das marchas populares. Come-se sardinha assada regada com um bom vinho e vendem-se mangericos ornamentados com um cravo de papel e um poema popular.. É uma festa muito bonita em homenagem a Santo António padroeiro da cidade de Lisboa.. Bom final de semana..

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Pegue um sorriso
E doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol
E faça-o voar
Lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte
E faça banhar-se
Quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima
E ponha-a no ânimo
De quem não sabe lutar.
Descubra a vida
E narre-a a quem não sabe entende-la.
Pegue a esperança
E viva na sua Luz.
Pegue a bondade
E doe-a
A quem não sabe doar.
Descubra o AMOR
E faça-o conhecer o mundo.

( Mahatma Gandhi)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho...
Abraços Eduardo Poisl

Fabricante de Sonhos disse...

SIDNEY, MEU POETA!

Sonho com um mundo de amor de verdade diariamente...

E como vc disse, a vida precisa respirar...

E espero que a gente possa fazer nossa parte, dando mais amor, sendo tolerante, amando cada pedacinho do nosso planeta, doando nossa arte e distribuindo sorrisos... e sonhos...

Lindo o seu poetar, mais uma vez!

É sempre muito bom voltar ao teu cantinho, às tuas letras e tuas cores!

Um beijo meu!

Ótimo domingo!

Fabricante

lili laranjo disse...

Sidney
è muito bonito escrevermos e sentirmos que alegramoa alguém...
Para mim poesia é tudo...
Do nada pode surgir magia(pelo menos para mim).. agora com carinho deixo,...

Inexplicável


Inexplicável o Amor...
Inexplicável a Vida...
Inexplicável o Sofrer...
Inexplicável o Morrer...

Tanta coisa que é inexplicável...
Tanta coisa que urge repensar...

Para isso é preciso matar...
Matar a fome e a sede...
Matar a maldade e arrogância...
Matar o orgulho e a vaidade...
Matar o vício e o egoísmo...

E então...

Inexplicavelmemte surge nova Vida...

Inexplicavelmente o esperar é Alegria...
Inexplicavelmente o morrer é Vida...
Inexplicavelmente o Amor é Eterno

LILI Laranjo

Gerusa Leal disse...

Obrigada pela visita, Sidney, seja sempre bemvindo. Também gostei de ouvir sobre seu blog, muito interessante o casamento entre artes plásticas e poesia. Gostei deste poema.

Anônimo disse...

Que os sonhos perpetuem em seu coração e as labaredas do desânimo ou da discórdia encontrem barreiras severas que as impeçam de chegar.
Que a luz da esperança penetre em sua alma de forma lenta e gradual e lhe traga o bálsamo para curar qualquer remanecência de dor que possa ainda lhe habitar a alma.
Que a alegria brote forte em todo o seu semblante bonito e possa compartilhá-la como todos que lhe querem bem.
Quem lhe escreve e lhe deseja essas dádivas é uma nova amiga a quem vc muito impressionou com sua inteligência impar e um senso de humor refinado como só um poeta tem.